Leites Vegetais – Opção Low Carb Para Seu Cardápio

Leites vegetais de amêndoas, de castanhas ou de coco: qual o seu preferido?

Antes de fazer low carb, eu era uma verdadeira bezerra! Sim, eu tomava leite com café de manhã, à tarde e à noite antes de deitar. Confesso que foi uma das coisas mais difíceis para largar, pois eu realmente amava beber leite… Pois bem, fui em busca de alguma alternativa para substituí-lo e os leites vegetais caíram como um luva na dieta, pois ao contrário do leite de vaca eles são low carb.

Quando iniciei a dieta, minha principal meta era retirar alimentos que continham açúcares, dentre eles o leite de vaca teve de ser retirado devido à grande quantidade de lactose (o açúcar do leite) contida nele.

 

leite-de-coco-caseiro

 

Dentre os vários leites vegetais, o meu preferido, o mais saboroso (na minha opinião) além de mais barato é sem sombra de dúvidas o leite de coco.

O que tem o leite de coco:

Ele é rico em gordura saturada boa, que é rapidamente digerida e transformada em energia. Tem vitamina C, B1, B3, B5 e B6, sais minerais essenciais como cálcio, selênio, magnésio, fósforo, ferro, potássio, cobre, zinco e manganês e ainda proteína, arginina e ácido láurico.

Benefícios para a saúde:

O ácido láurico presente no leite de coco garante propriedade antiviral, antifúngica, antibacteriana, digestiva, imunoestimulante e antioxidante. Age, ainda, contribuindo para regular os hormônios da tireoide e acelerar o metabolismo. Tem propriedades laxantes, ajudando no bom funcionamento do intestino, e seu poder antioxidante combate os radicais livres, protegendo o corpo de diversas doenças relacionadas com o processo oxidativo do corpo e o envelhecimento precoce.

Com tantas propriedades boas, eu não poderia deixar de incluí-lo em minha dieta… E tem mais: é fácil de fazer!

Aprenda como fazer o leite de coco caseiro, muito mais saboroso que os de supermercados.

Ingredientes:

  • 2 cocos secos
  • Água quente (a quantidade é até cobrir a polpa no liquidificador)

Modo de fazer:

A parte mais difícil do processo é soltar a castanha da casca do coco. Eu faço da seguinte maneira: coloco o coco em um saco plástico e com a ajuda de um martelo vou batendo em volta de toda a casca. Após bater bem, dou uma martelada mais forte no intuito de rachar o coco. Ao rachar, com a ajuda de uma faca de mesa vá soltando os pedaços da casca, corte em pedaços menores e leve para o liquidificador.

Coloque 1 litro de água filtrada para ferver. Após ferver, jogue essa água sobre a polpa do coco dentro do liquidificador até que cubra todos os pedaços. Bata bem por uns 3 minutos.

Com a ajuda de uma fralda ou um coador de pano ou um pano de prato, coe a mistura do liquidificador.

Pronto! Você já tem seu leite de coco caseiro, livre de açúcares e conservantes!!!

Mas e agora? O que fazer com essa fibra que sobrou no pano?

Vamos levá-la para uma frigideira antiaderente e vamos secá-la! Quando ela ficar bem sequinha, temos uma farinha de coco prontinha para ser usada em receitas de bolos, panquecas e em farofas (fica uma delícia usando no lugar da farinha de milho ou de mandioca)!!

Dica: Para saber o ponto da farinha sequinha aperte com os dedos: ela não deve grudar neles! Espere esfriar, coloque em um vidro e utilize como preferir! Não precisa levar à geladeira, o importante é que ela fique bem seca!

Outra maneira de aproveitar o leite de coco é deixá-lo na geladeira de um dia para o outro: você vai notar que a gordura do coco vai se separar, ficando toda na parte de cima da vasilha. Isso é o que chamamos de creme de leite de coco (e é uma delícia!!!), eu amo usar uma colher de sopa no meu café ou sobre morangos.

Leite de castanhas, amêndoas ou outro tipo de oleaginosa.

O processo é semelhante ao do leite de coco, mas apenas com uma diferença: deixe as oleaginosas de molho em água de um dia para o outro, descarte essa água e comece o processo de colocar no liquidificador, cobrir com água quente, bater, coar e secar a farinha!!!

O leite vegetal caseiro, por não ter conservantes, sempre perde rápido, durando aproximadamente de 3 a 4 dias em geladeira. No entanto, pra que isso não aconteça, eu congelo em forminhas de gelo e depois coloco em saquinhos no freezer e vou utilizando durante a semana!

#dicadadryka

Bata no liquidificador ou mixer: 1/2 xícara leite de coco, 1 xícara de café (coado na hora), 1 colher de chá de cacau 100% e 1 pitada de canela. Vira um delicioso capuccino low carb! Adoçante a gosto!

Gostou? Comente e compartilhe com seus amigos!

Muito obrigada e até a próxima 😉

 

 

Adriana Araújo, 41, coach de emagrecimento e estudante de nutrição, mineira de Uberaba, adepta do Low Carb desde 2014. Curiosa por nutrição, saúde e gastronomia. Emagreci 35kg sem sofrer e sem passar fome! Aqui você vai encontrar dicas e relatos sobre minha rotina na dieta low carb, receitas e muito mais. Seja bem vindo!

3 thoughts on “Leites Vegetais – Opção Low Carb Para Seu Cardápio”

  1. Sou bezerra assim também, e largar o leite será um problema. Mas gostei da dica do leite de coco. Acho que vou gostar porque adoro coco.
    Para fazer a casca soltar mais fácil eu deixo ela queimando na boca do fogão um tempo e depois mudo o lado. Após é só jogar no chão com força (ou usar o martelo como você faz) e ela solta fácil fácil 🙂

  2. Estava justamente procurando alguma informação sobre a possibilidade de substituto do leite de vaca por coco. Só tenho dúvida sobre a quantidade. Posso fazer uma vitamina de abacate com o leite de coco?

    1. Olá Chelis, sim eu utilizo o leite de coco como substituto em qualquer receita que leve leite de vaca, a quantidade é pessoal, o leite de coco é rico em gorduras do bem e é baixo em carboidratos. Um abraço, Adriana.

Deixe um comentário