Artigo: A verdade sobre o colesterol

Este é um artigo escrito por Dr. Tury Souza, do site dietalowcarb.org.

É um artigo para quem quer entender, de forma didática, como o colesterol funciona no corpo, desvendando o mito que criaram por trás deste conceito.

A verdade sobre o colesterol

Entenda tudo sobre o colesterol, o que causa seu aumento, os tipos, e com quais alimentos vocês realmente deve se preocupar. 

No artigo de hoje vamos entender melhor sobre o colesterol e aprender quem é o verdadeiro vilão no processo de formação de placa de ateroma, o terror dos cardíacos pelo mundo afora!

Vou começar com uma informação que todo mundo sabe, ou pelo menos já ouviu falar: O consumo de gordura saturada aumenta os níveis do LDL sanguíneo, que provavelmente em um futuro próximo irá te matar do coração! Isso é uma panaceia repetida pelos quatro cantos do universo.

Será que é simples deste jeito mesmo? É ver uma picanha e sair correndo gritando “salve-se quem puder?”. Não é bem assim meus amigos.

O LDL, também conhecido, por leigos na ciência da nutrição, como “colesterol ruim”, tem fama de vilão no meio do povão.

Todos os males imagináveis pela medicina que se relacionem a doenças do coração são atribuídos ele. A maioria dos médicos afirma de pé junto que ele é o principal causador da placa de ateroma. E fazem diversas recomendações dietéticas para seus pacientes sem nenhum fundo científico.

Isso mesmo, porque no curso de Medicina primeiro que ninguém estuda nutrição, e depois que a ciência já avançou e já sabe muito mais sobre esta pequena partícula do que julga nossa vã filosofia nutricional.

O LDL é uma proteína de baixa densidade utilizada para “empacotar” os excessos de macronutrientes que chegam ao fígado e enviar para a corrente sanguínea em busca de tecidos que necessitem destes nutrientes.

Agora vamos a algumas informações básicas a respeito:

Mais de 70% das partículas de LDL são formadas por triglicerídeos. Opa! Aqui temos uma informação importante: Diferente do que lhe ensinaram na escola, são os triglicerídeos em excesso que sobem os seus níveis de LDL!

E você sabe o que faz subir os níveis de triglicerídeos no sangue? Consumo de refinados! Isso mesmo! Pães, massas, bolos e biscoitos são os responsáveis pelo aumento dos triglicerídeos sanguíneos.

Só por aí já teríamos tirado a culpa da subida do LDL da gordura saturada, mas a ciência já foi mais a fundo, e vamos entender mais a respeito do assunto.

Já se sabe também que existem 2 tipos de LDL: O Padrão A e o Padrão B. 

O padrão A, é o “LDL saudável”, pois ele é formado por partículas maiores, menos densas, menos oxidadas e por isso não se depositam nas artérias, ou seja, não formam placa de ateroma.

E é exatamente este padrão que a gordura saturada faz aumentar no organismo. Ou seja, os 30% restantes dos seus LDLs que realmente aumentam com o consumo de gorduras saturadas não fazem mal a saúde! Ótima notícia né? Ok! 2 a 0 pra gordura saturada!

Mas e o padrão B, de onde vem?

Já o padrão B, é formado por pequenas partículas, muito densas e muito oxidadas, principais responsáveis pela aterosclerose. Este padrão B sobe de acordo com o consumo de carboidratos refinados. Quanto mais alto os seus níveis de triglicerídeos (que medem diretamente o consumo de refinados), mais alto o padrão B do seu LDL.

Ahá! Então agora o mistério está desvendado! São os alimentos refinados os responsáveis por mais de 70% da elevação do seu colesterol LDL, e justamente do LDL padrão B, o que causa placa de ateroma!

Mas o terror não para por ai. Mesmo as suas partículas de LDL padrão A (saudáveis) podem virar padrão B (ruins) se elas forem oxidadas pelo excesso de insulina no sangue.

Então vamos lá, informação nova, o excesso de insulina é capaz de oxidar o LDL de padrão A e fazê-lo virar padrão B e se depositar nas artérias. Meu Deus, e como faço pra evitar isso?

Ai é que vem o segredo. A insulina é um hormônio anabólico que é liberado quando o a sua glicemia sobe. A sua glicemia sobe quando você consome carboidratos refinados… E chegamos neles de novo! Parece que tudo de ruim que acontece relacionado a placa de ateroma está ligado diretamente aos alimentos refinados! E é exatamente isto! Já está mais que comprovado cientificamente.

Recapitulando: 

  1. Quanto mais carboidratos refinados você come
  2. Mais sobem os seus triglicerídeos
  3. Mais sobe o seu LDL padrão B (ruim)
  4. E mais você corre o risco de morrer do coração!
  5. Agora sim: “Salve-se quem puder!” 😉

Mas eu não poderia falar do LDL e não falar do HDL, o colesterol conhecido como “amigo do coração”. O HDL é uma proteína de alta densidade, responsável por retirar todo o “lixo” que circula na corrente sanguínea e levar para ser incinerado no fígado. Muitos leigos o chamam de “colesterol bom”.

E adivinha quem são os principais alimentos responsáveis pela subida do HDL? Os ricos em gordura saturada! Isso mesmo, carnes, ovos e derivados de leite são os melhores amigos do seu coração!

Além de só aumentar o LDL padrão A, que não prejudica o organismo, o consumo de alimentos ricos em gordura saturada aumenta também o HDL, que é um dos principais responsáveis pela “limpeza” do seu sangue.

Por isso meu amigo, não tenha medo das gorduras naturais dos alimentos. Tudo aquilo que a sua vó comia lá na roça e viveu até os 100 anos continua sendo saudável até hoje. A verdade não muda, NUNCA!

Os grandes vilões da sociedade moderna são os alimentos refinados, principalmente os carboidratos como pães, massas, doces, bolos e biscoitos.

Evite também as frituras feitas com óleos vegetais parcialmente hidrogenados (soja, milho, algodão, canola, etc) e margarinas, que são gorduras trans, estas sim, comprovadamente tóxicas para o organismo humano!

Boa Dieta, muita saúde e até a próxima!

 

Adriana Araújo, 41, coach de emagrecimento e estudante de nutrição, mineira de Uberaba, adepta do Low Carb desde 2014. Curiosa por nutrição, saúde e gastronomia. Emagreci 35kg sem sofrer e sem passar fome! Aqui você vai encontrar dicas e relatos sobre minha rotina na dieta low carb, receitas e muito mais. Seja bem vindo!

Deixe um comentário